Comuna
Amarildo 
Origens da Comuna

A Comuna Amarildo tem uma história urbana na luta pela terra. O grupo tinha inicialmente 80 famílias. Eles ocuparam uma área às margens da rodovia SC-401, que liga o norte da Ilha de Santa Catarina, uma área entre algumas das mais caras localidades de praia de Florianópolis (SC). Eles foram despejados do local em fevereiro de 2014 e passaram a ocupar outras áreas da Grande Florianópolis, até que o Instituto de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) concedeu um terreno de 140 hectares no município de Águas Mornas (SC), 36 km de Florianópolis. Após a conquista da terra, a batalha agora é permanecer na terra. Das 80 famílias, em 2018 apenas 6 famílias permaneciam no local.

 

A Comuna 

Rede de apoio

A Comuna Amarildo de Souza colabora com diversas entidades, como a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e conta com o apoio do CEPAGRO, que por sua vez também apóia comunidades tradicionais próximas, como a Comunidade Tekoá V'ya. A Rede Ecovida de Agroecologia também apoiou a Comuna na transição para a agroecologia e certificação agroecológica. Os membros da Comuna também têm raízes no MST.

"A gente está aqui para produzir alimento e não mercadoria"

Pepe - Agricultor Agroecológico

4b19acc72adb0566d3f0af370c69a049_edited.

MST

MST

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra é um dos maiores movimentos sociais do mundo e defendem um sistema alimentar baseado na Agroecologia.

mandala%20rural%2021_edited.png
Sem título.png

A Luta

pela terra

A luta

pela terra

Juliana, coordenadora de educação do MST no Estado de Santa Catarina, Brasil, descreve o contexto histórico da luta pela Reforma Agrária.

mandala%20rural%2021_edited.png
e770cf85daec88bcbdccb334fc68a91e_edited_

Três pessoas envolvidas em questões agroecológicas falam sobre o papel da população urbana em ajudar a resolver os problemas do campo.

Click

aqui

O Campo e as

Pessoas Urbanas

Campo cidade.png

O Campo e as Pessoas Urbanas

Conexões

O Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo é uma organização que consegue estabelecer conexões entre campo, cidade e a comunidade acadêmica.

CEPAGRO

CEPAGRO

Click

aqui

Campo cidade.png
Capa%25204_edited_edited.jpg

Rede Ecovida de

Agroecologia

Rede Ecovida de

Agroecologia

Esta Rede certifica alimentos agroecológicos, promove a troca de conhecimentos entre os agricultores e dá apoio à transição agroecológica.

mandala%20rural%2021_edited.png
sm_MG_3626.jpg

Comunidade

Tekoa V'ya

Comunidade

Tekoa V'ya

As organizações agroecológicas estão cada vez mais próximas e solidárias com as causas das comunidades tradicionais e indígenas.

mandala%20rural%2021_edited.png
b8e89c6e2884d037f1e99dca5050dc97.jpg

Atuação em

Rede

Atuação em

Rede

As organizações Agroecológicas que atuam no campo e na cidade integram redes de agroecologia.

Campo cidade.png