Comunidade
Tekoá V'ya 

A luta pela soberania indígena

As comunidades indígenas no Brasil estão engajadas na luta pela terra, tornando a agroecologia no Brasil também uma luta descolonial. Apenas recentemente o movimento agroecológico mais amplo começou a construir relacionamentos com as comunidades indígenas em apoio a sistemas alimentares mais sustentáveis e justos.

 
O Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo (CEPAGRO) começou a desenvolver um relacionamento com a comunidade Guarani de Tekoá V'ya. Na construção de relações com a comunidade, o CEPAGRO se oferece para facilitar o compartilhamento de conhecimentos culturais que valorizam suas danças e práticas tradicionais e seus artesanatos, e apóia a segurança alimentar da comunidade por meio da produção agroecológica de alimentos.

Apoio das ONGs         

e770cf85daec88bcbdccb334fc68a91e_edited_

Três pessoas envolvidas em questões agroecológicas falam sobre o papel da população urbana em ajudar a resolver os problemas do campo.

Click

aqui

O Campo e as

Pessoas Urbanas

Campo cidade.png

O Campo e as Pessoas Urbanas

O Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo é uma organização que consegue estabelecer conexões entre campo, cidade e a comunidade acadêmica.

CEPAGRO

CEPAGRO

Click

aqui

Campo cidade.png
Sem título.png

A Luta

pela terra

A luta

pela terra

Juliana, coordenadora de educação do MST no Estado de Santa Catarina, Brasil, descreve o contexto histórico da luta pela Reforma Agrária.

mandala%20rural%2021_edited.png

Conexões